Rosto Desconhecido

rosto desconhecido

Olhava no espelho e não reconhecia o rosto na qual estava observando. Vinte e poucos anos de escolhas, numa tentativa frustrada de encontrar algo da qual não sabia para preencher uma inquietude que lhe incomodava a vida inteira. Estava traçando metas da qual não queria alcançar e assim foi encontrando seus erros. Mas e se, tentando evitar, ele fez o inevitável acontecer? Não faz sentido nenhum.

Anúncios

Um rosto aquarelável

rosto_aquarelarosto_aquarela_02rosto_aquarela_03rosto_aquarelavel “Vou ver o meu encontro final, o começo de uma história real, quando meu sonho favorito invadir as calçadas de minha realidade. Vou ver o meu verdadeiro passado, em tons de vermelho de minha fé, se concretizando como um iceberg no meu mar de dúvidas, para dar um lugar seguro para todas estas linhas que agora se conectam no meu verdadeiro eu”. Blogberona.

Eu tento deixar a aquarela bem aguada, para que as cores se misturem e a sobreposição fique mais suave. Dessa forma as manchas tomam uma forma mais interessante. Em seguida trabalho as linhas brancas com uma caneta, dando forma ao desenho.

Um rosto desconhecido

Olhava no espelho e não reconhecia o rosto na qual estava observando. Vinte e poucos anos de escolhas, numa tentativa frustrada de encontrar algo da qual não sabia o que era para preencher uma inquietude que lhe incomodava a vida inteira. Estava traçando metas da qual não queria alcançar e assim foi encontrando seus erros. Mas e se, tentando evitar, ele fez o inevitável acontecer? Não faz sentido nenhum.